Aplicativo conecta consumidores a chefs e cozinheiros próximos

Guilherme Parente, sócio do Apptite | Foto: Danilo Verpa/Folhapress

Guilherme Parente, sócio do Apptite | Foto: Danilo Verpa/Folhapress

A proposta do Apptite, aplicativo que conecta consumidores a cozinheiros e chefs próximos, é oferecer comida artesanal, feita sob demanda e em pequena escala.

"Levamos o prato feito com ingredientes frescos da cozinha do chef diretamente para a mesa do cliente", afirma Guilherme Parente, um dos sócios da empresa.

Segundo Parente, são cerca de 12 mil usuários e 200 fornecedores, a maior parte concentrada nas regiões sul e oeste de São Paulo.

Pequenos fabricantes de molhos, massas e cervejas artesanais também oferecem seus produtos na plataforma.

A empresa cobra 15% do valor do prato ou do produto do fornecedor. Já o frete é cobrado do consumidor.

Lançado em fevereiro deste ano, o Apptite está disponível para Android e iOS e já vendeu cerca de 4 mil pratos nesses moldes. Ele deve movimentar, até o fim de outubro, quase R$ 120 mil.

A empresa quer agora aumentar a oferta de pratos em São Paulo e expandir os negócios para uma nova capital no próximo semestre. O destino mais provável, diz Parente, é o Rio de Janeiro.

FOLHA DE S. PAULO / São Paulo, 30/10/2016 (veja a matéria original aqui)